MaringáTrabalho

Sindicato usa até estrepe para impedir saída de ônibus

O Sindicato dos Motoristas Rodoviários de Maringá desrespeitou a decisão da Justiça do Trabalho e nesta manhã não permitiu a manutenção de 70% da frota para atender os usuários do transporte coletivo (TCCC e Cdade Verde). A polícia foi chamada nesta madrugada para fazer o cumprimento da decisão, que pode acarretar em multas diárias de até R$ 60 mil ao sindicato.

sindicato 2 Sindicato usa até estrepe para impedir saída de ônibus

Foram usados estrepes (ou miguelitos) para furar os pneus dos ônibus que tentavam sair das garagens das empresas. O Sinttromar havia informado ontem que obedeceria a decisão da desembargadora Ilse Marcelina Bernardi Lora que, ao assegurar o direito de greve, determinou a manutenção de 70% do contingente de motoristas e cobradores em atividade e que seriam tomadas as medidas necessárias de prevenção ao coronavírus (covid-19). (inf Angelo Rigon)

Mostrar mais

Notícias Relacionadas

Botão Voltar ao topo

Bloqueador de Anúncios Detectado

Por favor, desative seu bloqueador de anúncios para continuar. Obrigado.