UNIFAMMA inova nas metodologias de ensino

Atenta às novas tendências educacionais no Brasil e no Mundo, a Unifamma vem inovando na oferta de novas modalidades. Oferta, atualmente, cursos on-line e cursos semipresenciais, sendo que os primeiros destinam-se aos alunos que não têm disponibilidade de ir ao polo. Já o segundo grupo compreende os cursos para quem têm necessidade de unir tecnologia com o encontro presencial.
Essas modalidades de ensino estão à disposição dos atuais e futuros alunos do Centro Universitário Unifamma e também em Polos de Apoio de Educação a Distância em algumas cidades do Brasil.
Essas duas modalidades significam uma preocupação expressiva com o perfil do aluno. “A modalidade semipreencial está disponível no polo de Maringá, mas temos projetos para expansão para os polos, agregando ainda mais diferenciais para os parceiros na oferta desta modalidade e também para aqueles alunos que desejam ter contato direto com professores durante o curso”, explica o mantenedor do Centro Universitário Metropolitano – Unifamma, Evandro Buquera de Freitas Oliveira.
Hoje, o Centro Universitário Unifamma oferta três tipos de modalidades, para que o futuro aluno tenha a liberdade de escolher a que melhor se adeque a sua rotina e o melhor custo-benefício. “Atualmente, o aluno tem três opções: a presencial, a semipresencial e a EAD, oportunizando acesso a um ensino de qualidade em todas as modalidades”, relata a Prof.ª Dr.ª Adriana Crevelin, Pró-reitora de Ensino.

Cada uma das modalidades tem seu diferencial:
Na modalidade presencial, o aluno tem aulas presenciais, com integração de aula prática e aula teórica. As matrizes são organizadas por temas geradores, isto é, em cada período letivo, o aluno estuda um conjunto de disciplinas que estão dentro de um mesmo tema. Outro diferencial é o Projeto Integrador. Com ele, você terá desafios práticos todos semestres, a fim de conseguir colocar na prática o que aprendeu na teoria.
Na modalidade semipresencial, o aluno escolhe um polo de apoio presencial para os encontros presenciais, seminários, estudos de casos, tutoria presencial, além de aulas práticas com docentes altamente qualificados. Além disso, o ambiente AVA contém material didático on-line, atividades e tutoria on-line, esta última para esclarecer dúvidas.
A modalidade On-line (EAD), o aluno tem acesso à plataforma institucional, onde encontra material didático, material de apoio, links das bibliotecas virtuais e portal do aluno. A presença obrigatória será: opcional, no polo, para tutoria presencial; obrigatória para provas e Trabalho de Conclusão de curso (quando for obrigatório no curso) e estágios nos locais conveniados à UNIFAMMA.

EXPANSÃO DE UNIDADES
Estamos com a expansão de Polos de Apoio Presencial em andamento. Hoje, a Unifamma tem unidades em Vila Velha – ES, Jussara – Pr, Campo Mourão – Pr, Apucarana – PR e Feira de Santana – BA. Estamos em negociação com outras cidades, contemplando as modalidades on-line e semipresencial”, destacou o Coordenador do Núcleo de Educação a Distância, professor Givago Mendonça. Ele afirma que a ideia é ampliar o acesso a alunos que buscam cursos com qualidade e com custo-benefício.
Essa expansão possibilita que o aluno consiga escolher melhor a unidade de ensino de acordo com sua cidade ou trabalho. Um aluno que trabalha o dia todo nem sempre tem tempo para viagens, mesmo que seja de curta duração. Então, estamos no processo de expansão dos polos, não se restringindo a Maringá, uma vez que o aluno contará com a qualidade de ensino presencial nas modalidades on-line e semipresencial,” afirma Evandro.

FORMAS DE INGRESSOS
Para ingressar no próximo semestre, o candidato pode acessar o site da instituição por meio do endereço eletrônico: www.unifamma.edu.br/vestibular, pelo WhatsApp 44 9 9731 0800 ou deslocar-se até uma das unidades localizadas nas cidades acima; fazer o vestibular, sendo aprovado, início o curso em agosto deste ano.
O candidato também pode ingressar no Centro Universitário Unifamma por: transferência, nota do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) e ser portador de diploma (para segunda graduação). As aulas iniciam simultaneamente em todos os polos.