Acidente

Vendedora de balas é atropelada por moto

É uma cena comum no trânsito da Avenida Colombo, em Maringá. Vendedores ambulantes aguardam o sinal fechado para oferecer os produtos, normalmente balas, aos motoristas que esperam no sinal. Mas é uma prática muito perigosa e que infringe as leis de trânsito.
Nesta quarta-feira, 21, uma vendedora de balas foi atropelada por um motociclista na Avenida Colombo. O acidente foi no cruzamento com a Avenida Pedro Taques. Câmera de segurança de uma empresa registrou o momento do acidente. Assista abaixo:

O sinal abre e os veículos começam a avançar, e a mulher que estava no meio da pista corre para o canteiro mas é atingida por uma motocicleta. Ela se levantou e se evadiu do local. O motociclista fica no chão e é socorrido pelo Corpo de Bombeiros.
O inspetor Pedro Faria, da Polícia Rodoviária Federal (PRF) fala sobre o acidente que não resultou no pior, apesar da imagem forte. Mas ele reforça que transitar fora da faixa de pedestres é muito perigoso e infringe a lei de trânsito.

O motociclista, com a queda, ficou ferido. A pedestre, embora o acidente seja visualmente violento, não se apresentou a equipe que foi atender o acidente. Vale a orientação da PRF para que as pessoas não utilizem a faixa de rolamento, pois além de ser proibido, é muito perigoso. A orientação é para que se utilizem a faixa de pedestres ou as passarelas para atravessarem”, explicou. (inf GMC)

Mostrar mais

Notícias Relacionadas

Botão Voltar ao topo

Bloqueador de Anúncios Detectado

Por favor, desative seu bloqueador de anúncios para continuar. Obrigado.