PolíticaJustiçaParaná

Aposentadoria de 35,8 mil para Cida Borghetti, após 8 meses como governadora, tem novidade

Defesa quer que Gilmar Mendes julgue a ação de aposentadoria especial de Cida, após Edson Fachin se declarar suspeito

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, se declarou suspeito para julgar a ação de aposentadoria especial da ex-governadora do Paraná Cida Borghetti (PP), hoje no valor de R$ 35.845,22. A ação foi proposta pelo escritório do advogado Diego Campos, que é genro de Cida, no final de junho, com distribuição ao magistrado paranaense na mesma semana. A informação é de Carol Nery, no Blog Politicamente.

Cida ficou como governadora por apenas oito meses; ela era vice do ex-governador e atual deputado federal Beto Richa (PSDB).

Agora a ação será redistribuída a outro ministro do STF. A defesa pediu, inicialmente, que a distribuição da ação fosse ao ministro Gilmar Mendes, em função do princípio da prevenção.

Mostrar mais

Notícias Relacionadas

Botão Voltar ao topo