Esporte

Cenas de um jogo de futebol no WD

Ontem, 9, o Maringá Futebol Clube (nome fantasia da Sociedade Esportiva Alvorada Club) venceu ontem o Cianorte FC, por 1 a 0, pela sexta rodada do Paranaense, em jogo marcado por cartões amarelos, invasões, palavrões e expulsões.

O árbitro Gustavo Nogas relatou a invasão de campo de duas crianças, enquanto a partida estava parada para cobrança de escanteio. Uma delas entrou em campo para tirar uma selfie com o goleiro do Maringá FC – e saiu correndo. Antes, aos 13 minutos, foi expulso o gandula Ricardo Ferreira, por retardar persistentemente a reposição de bola. O supervisor Maurício Trombetas entrou nas imediações do campo sem autorização, com a desculpa de assumir a posição do gandula expulso, e insistiu em ficar ao ser comunicado que não poderia pelo delegado da partida, e somente saiu depois da segunda tentativa de retirada pelo quarto árbitro. O massagista foi expulso por xingar um jogador cianortense dizendo: “Vai tomar no c(*) seu b(*)sta”. Os portões da arquibancada coberta do Estádio Willie Davids permaneceram abertos e sem nenhuma segurança, e foi por ali que uma das crianças entrou para dentro do campo sem maiores problemas. (inf Angelo Rigon)

Mostrar mais

Notícias Relacionadas

Botão Voltar ao topo

Bloqueador de Anúncios Detectado

Por favor, desative seu bloqueador de anúncios para continuar. Obrigado.