Política

Em Brasília, o deputado Ricardo Barros é encurralado por servidores

Ser líder do governo Bolsonaro na Câmara dos Deputados também tem seus perrengues. Ontem, ao chegar em Brasília, o deputado Ricardo Barros (PP) foi encurralado pelos servidores de diversos segmentos no Aeroporto Internacional de Brasília. Barros ouviu dos dirigentes que ele faz parte de um governo genocida, responsável pelas mais de 611 mil mortes pela covid-19 e foi chamado ainda de ladrão de vacinas.

Barros ficou calado o tempo todo, mas, ao conseguir se fechar no elevador do aeroporto, chamou as servidoras e servidores de mal-educados. No entanto, voltou a se calar ao ser questionado sobre a PEC 32 e 23.
A Fenajufe (servidores do Judiciário), sindicatos de base, entidades do Fóirum Nacional de Servidores Federaisnas continuam a mobilização permanente contra a destruição dos serviços públicos e também contra o calote nas dívidas públicas com a PEC dos Precatórios, que agora está no Senado (. Leia mais.). Confira abaixo o vídeo postado pela Fenajufe. (inf Angelo Rigon)

Mostrar mais

Notícias Relacionadas

Botão Voltar ao topo

Bloqueador de Anúncios Detectado

Por favor, desative seu bloqueador de anúncios para continuar. Obrigado.