AcidenteMaringáRegiãoServiçoTrânsitozDestaque

Fortes rajadas de vento tombam aeronave em Maringá

Um aeronave de instrução com dois passageiros tombou já em solo, quando taxiava na pista do Aeroporto Regional Silvio Name Junior, na tarde desta quinta-feira, 18. O jatinho foi atingido por uma forte rajada de vento, de aproximadamente 110 km/h ao realizar a curva, já na entrada da via de acesso aos hangares.
Uma equipe da Seção Contra Incêndios chegou rapidamente ao local, em 1 minuto e 38 segundos. Não houve feridos, mas um integrante do Aeroclube Regional de Maringá acabou sofrendo escoriações porque se aproximou da aeronave para tentar ajudar.
De acordo com o superintendente do Aeroporto de Maringá, Fernando Rezende, esse não é o procedimento correto. “Na verdade, eles zeram errado ao ir até lá, porque o aeroporto tem um plano de emergência para esse tipo de situação. O Corpo de Bombeiros é acionado imediatamente, e o pessoal da área de segurança operacional do aeroporto também para averiguar o estado da aeronave e dos passageiros”, explica.
Uma ‘mexida’ que o avião deu, acabou atingindo ele e machucando, mas graças a Deus foi superficial.
Ele foi atendido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levado para fazer exames. Passa bem”, acrescenta.
Segundo Rezende, a resposta à emergência foi feita de forma eficiente.
O aeroporto é uma área de risco, onde está pousando e decolando voos a todo momento. Então, temos que tentar antecipar possíveis problemas. Fazemos isso por meio dos planos que a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) determina que se faça. E também por meio de treinamentos e simulados de acidentes aéreos”, ressalta. (inf O Diario/foto João Paulo)

Mostrar mais

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Bloqueador de Anúncios Detectado

Por favor, desative seu bloqueador de anúncios para continuar. Obrigado.