MaringáPolicialzDestaque

Homem acusado de estupro é espancado em casa

Um homem foi brutalmente agredido após ter sido acusado de estupro. O caso aconteceu na noite de sábado (21) em uma casa localizada na Rua Pioneiro Joaquim Pereira Rosa, no Conjunto São Silvestre, em Maringá. O agressor derrubou o portão da casa e foi em direção do imóvel da vítima.
A vítima que tem 51 anos, recebeu diversos chutes na cabeça e ficou inconsciente. O autor das agressões em seguida fugiu mas foi preso por uma equipe da Polícia Militar de Maringá. O suspeito estava sob efeito de álcool. O rapaz foi algemado e conduzido para o plantão da Polícia Civil onde foi autuado em flagrante.

homem agredido Homem acusado de estupro é espancado em casa
Um médico do Samu que esteve no local juntamente com uma equipe de socorristas precisou intubar a vítima que estava em estado gravíssimo. O paciente foi encaminhado para o Hospital Universitário onde permanece internado na UTI.
O agressor que teve sua identidade preservada pelos policiais militares disse que espancou a vítima porque ela teria cometido estupro contra seu sobrinho no último dia 14. A criança que somente agora relatou os fatos para a família teria comentado que o homem  abraçou e beijou o menino.

O Conselho Tutelar disse que só tomou conhecimento do fato porque chegou uma denúncia anônima de suspeita de abuso sexual. A criança foi encaminhada ao Hospital Universitário onde passou por exames.
Segundo um dos conselheiros, o garotinho disse que não houve relação sexual.
O caso será repassado ao Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente (Nucria) de Maringá que vai apurar a denúncia. Uma parte da população que mora na rua defendeu a vítima dizendo que a mesma não teria motivos para abusar de uma criança. Já a família do menino faz acusações. (inf/foto André Almenara)

Mostrar mais

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Bloqueador de Anúncios Detectado

Por favor, desative seu bloqueador de anúncios para continuar. Obrigado.