Maringá

Prefeitura de Maringá mantém Toque de Recolher e limites para empresas e eventos

Novo decreto municipal vale até o dia 26

Os números da pandemia estão mais amenos em Maringá. A ocupação dos leitos hospitalares voltados à covid-19 caíram de 100% para 68%. A Taxa de Positividade caiu de 67,2% para 52,05%. A Taxa de Transmissão Efetiva está em 0,83, número menor que o registrado em 6 de julho quando chegou a 1,8. Estes dados fizeram com que a Prefeitura elaborasse novo decreto mantendo a filosofia de flexibilização gradual. Porém, com restrições devido à preocupação constante com a gravidade da doença.

A média móvel de óbitos está em 6,71 por dia, nos últimos 14 dias. Além disso, se o número de casos aumentar novamente, o vírus pode sofrer mutação e criar novas variantes. Uma delas, a Delta, já chegou ao Paraná e está fazendo vítimas. Por isso, a Prefeitura amenizou o decreto, mas manteve o Toque de Recolher, agora entre 23 e 5 horas da manhã, e a Lei Seca, a partir das 22h30.

O decreto será publicado hoje e começa a valer a partir das 17h desta sexta-feira, 16 de julho. Prossegue até o dia 26 deste mês. Nele, a Prefeitura libera eventos até 30 pessoas. Eventos de 31 a 80 pessoas serão liberados sob demanda. Solicitações pelo e-mail [email protected] Os locais de eventos devem ter ocupação máxima de 50% da capacidade do espaço.

Os esportes coletivos, inclusive em clubes, associações e condomínios residenciais, ficam autorizados de segunda a sábado, das 6h às 22h. Os lava-jatos podem trabalhar das 8h às 18h, de segunda a sábado. As indústrias, inclusive construção civil, de segunda a sexta-feira, sem restrição de horário e sábado das 8h às 13h.

As atividades comerciais, galerias e centros comerciais funcionarão das 8h às 18h, de segunda a sexta-feira e aos sábados das 8h às 13h. Os shoppings abrirão das 10h às 22h, de segunda a domingo. Shoppings de atacado poderão abrir de segunda a sexta-feira até as 18h. Comércio e shoppings têm limite de 50% de ocupação.

Salões de beleza, barbearias, clínicas de estética podem abrir até as 19h, de segunda a sexta-feira e aos sábados até as 19h, com limitação de 50% de ocupação. Os Pet shops, lojas agropecuárias e serviços de banho e tosa, das 8h às 18h, de segunda a sábado, com limitação de 50% de ocupação, sendo autorizado o delivery de medicamentos e rações aos domingos.

As feiras livres e feira do produtor funcionam até as 21h, de segunda a sábado e domingo até as 13h. As lotéricas: das 8h às 18h, de segunda a sexta-feira e aos sábados das 8h às 13h, com limitação de 50% de ocupação. Os açougues, casas de massas, quitandas, peixarias, poderão abrir de segunda a sábado até as 22h e aos domingos até as 13h.

Cinemas, boliches e pesqueiros, abrem das 10h às 22h, de segunda a domingo, com limitação de 40% de sua capacidade. Cursos de idiomas, profissionalizantes, artes, reforço escolar, música e similares atenderão das 8h às 22h, de segunda a sábado, com limitação de 50% de ocupação.

Restaurantes, bares, lanchonetes, pizzarias, carrinhos de lanche, food trucks, lojas das praças de alimentação dos shoppings e similares funcionarão, com limitação de 50% da capacidade, de segunda a sábado até as 22h e aos domingos até as 15h. Fica permitida a permanência de clientes nos estabelecimentos até as 22:30 horas para encerramento das contas, o drive-thru até as 22h30 e delivery até as 23h.

Os supermercados, mercados, mercearias, lojas de conveniências e disk-bebidas poderão abrir de segunda a sábado até as 22h, podendo funcionar aos domingos no sistema drive thru até as 22h e delivery até as 23h. Padarias, sorveterias e lojas de açaí funcionarão de segunda a sábado até as 22h e aos domingos até as 20h. Será proibido o consumo no local aos domingos após às 15 horas.

Mostrar mais

Notícias Relacionadas

Botão Voltar ao topo

Bloqueador de Anúncios Detectado

Por favor, desative seu bloqueador de anúncios para continuar. Obrigado.