PolicialzDestaque

Policia descobre a verdade sobre caso do suposto assalto em Floriano

A Polícia Civil de Maringá descobriu a verdade sobre a suposta tentativa de assalto contra o segurança e lutador de jiu-jitsu.

vitima-assalto

A suposta vítima, Denilson Vieira Coelho, 32 anos, foi ferida por um tiro na perna na tarde da última segunda-feira (2) na entrada do Distrito de Floriano. Denilson contou aos bombeiros e aos policiais rodoviários estaduais que ladrões cercaram ele para roubar o automóvel Nissan Tiida que o mesmo usava. Ao reagir, o motorista foi baleado, mas isso não aconteceu.
Os policiais receberam uma denúncia de que o condutor acabou atirando em sua própria perna devido ao revólver estar engatilhado, e mesmo depois de ferido bateu o carro contra um poste. A denúncia conta ainda que o motorista saiu do veículo e escondeu um objeto cromado atrás de um barranco de terra. Os policiais militares vasculharam o local e apreenderam um revólver calibre 32 municiado e com uma cápsula deflagrada. Denilson que já estava dentro da ambulância do Siate a caminho do Hospital Universitário recebeu voz de prisão. Depois de receber alta, o motorista do carro foi encaminhado a delegacia da Polícia Civil de Maringá, onde foi ouvido e pagou fiança no valor de R$ 950,00.
De vítima, o suspeito foi colocado em liberdade pelo crime de porte ilegal de arma de fogo do art. 14 do Código Penal. Moradores de Floriano ainda contaram que Denilson teria ido para resolver um problema com uma mulher, e que lá saiu corrido por alguns homens do distrito. O segurança afirmou que não é dono da arma de fogo. (inf André Almenara)

Salvar

Mostrar mais

redação

contato (44) 99803-1491 [email protected]

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Bloqueador de Anúncios Detectado

Por favor, desative seu bloqueador de anúncios para continuar. Obrigado.