Cultura e Lazer

Show da Gal Costa na Virada Cultural de Maringá reúne mais de 12 mil pessoas

Neste sábado, 30, atrações regionais e nacionais se apresentaram nos palcos da Virada Cultural, promovida pela Prefeitura de Maringá, por meio da Secretaria de Cultura. Milhares de pessoas passaram pela Praça do antigo Aeroporto e fizeram do primeiro dia do evento um grande espetáculo a céu aberto.

O show da cantora Gal Costa reuniu mais de 12 mil pessoas, entre maringaenses e fãs de outras cidades. É o caso da designer Bárbara Ribeiro, que veio de Londrina (PR) para prestigiar o show. “São poucas as vezes que temos a oportunidade de apreciar artistas desse porte na nossa região e de forma gratuita. Eventos como esse deveriam acontecer mais. É uma ótima iniciativa cultural, a cultura é nossa identidade”, disse ela, que também estará presente no show do Sepultura neste domingo, 31.

Luana Pires chegou no início da tarde com um disco de vinil em mãos e uma tatuagem recém-feita na panturrilha esquerda: ambos em homenagem à cantora Gal Costa. “Sou apaixonada pela música brasileira desde pequena e, quando soube da Gal aqui em Maringá fiquei muito feliz. Adiantei a minha tatuagem e aproveitei a oportunidade. No último show dela que fui, em Curitiba, fiz uma foto no palco e usei a imagem como referência para minha tatuagem”, conta.

O secretário de Cultura, Victor Simião, reitera a importância de eventos culturais para a cidade e para o comércio local. “A primeira noite da Virada foi incrível, reunimos milhares de pessoas que, juntas, contribuem com a valorização da cultura regional e nacional e também com a economia”. E lembra que neste domingo, 31, a festa continua. “Ainda temos mais shows para fechar a Virada. Muitos artistas locais estarão presentes e, claro, muita música com a banda Sepultura”, acrescenta.

Atrações locais – Além da cantora Gal Costa, o público assistiu às apresentações do Circo Cirqueridum, que esteve presente durante todo o evento e fez a diversão dos maringaenses, que pararam para admirar os malabarismos.

Os grupos Urban Style Crew e Baque Mulher ofereceram muita cultura popular por meio das danças e apresentações, com expressão artística e representação. Durante todo o dia, a população pode dançar e cantar ao som do DJ Don Nattus. Também subiu ao palco a cantora maringaense Rúbia Divino, que abriu o show de Gal Costa.

Para fechar a noite, a população se reuniu em frente ao telão instalado ao lado do palco para assistir ao filme Bohemian Rhapsody, que conta a história da banda Queen. O filme da sessão de Cinema A Céu Aberto foi escolhido pelos maringaenses em votação nas redes sociais da Prefeitura.

Nesta edição do evento, a região do antigo Aeroporto se tornou uma praça de cultura e lazer. “As pessoas se divertiram, aproveitaram para comer nos food trucks e realizar compras na feira de artesanato. A Gal Costa encantou a plateia e Maringá com as canções, principalmente com a música de Joubert de Carvalho. Foi uma noite incrível”, conclui o secretário de Cultura.

A Virada Cultural de Maringá continua neste domingo, 31, a partir das 14h30, com DJ Ruba, Cia. Circo Teatro Expressão de amor, Pé de Laranjeira, Comsequência, Panndora e, para fechar o evento, o show da banda de heavy metal Sepultura, a partir das 21h.

Mostrar mais

Notícias Relacionadas

Botão Voltar ao topo

Bloqueador de Anúncios Detectado

Por favor, desative seu bloqueador de anúncios para continuar. Obrigado.