MaringázDestaque

Vereador perde mais uma

Por 11 votos a 3, a Câmara de Maringá rejeitou nesta terça-feira (27) projeto de lei de inspiração totalitária, fruto da mentira e da vingança.
O vereador Do Carmo, que é advogado, votou a favor apesar de a proposta ir contra a Constituição, a Lei de Licitações e o marco civil da internet. Sua justificativa: “o projeto seria mesmo rejeitado…”
Antes, o vereador Homero Figueiredo Marchese (sem partido) tentou retirar o seu projeto da pauta. Perdeu por 8 a 6. Não se recorda que algo semelhante tenho ocorrido naquele Legislativo. (entenda o caso)

Mostrar mais

redação

contato (44) 99803-1491 [email protected]

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Bloqueador de Anúncios Detectado

Por favor, desative seu bloqueador de anúncios para continuar. Obrigado.