Policial

Jovem morre em atentado a tiros

Homicídio ocorreu em local de aglomeração de jovens

Um atentado a tiros, registrado na madrugada deste sábado, 4, na avenida Senador Petrônio Portela,  Jardim Aclimação em Maringá, deixou um rapaz morto e outros três jovens feridos.
O crime ocorreu por volta das 3h, e mobilizou diversas equipes da PM e socorristas do Samu. Das 4 vítimas, duas delas foram socorridas por populares e encaminhadas para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) e uma outra para unidade hospitalar.
O local é considerado crítico pelas forças de segurança. Centenas de jovens se reúnem defronte a um estabelecimento comercial para ingerirem bebida alcoólica. Os frequentadores invadem a via, e chegam a bloquear a avenida, dificultando o tráfego de veículos e a passagem de pedestres.

De acordo com moradores do bairro, entorno de 400 jovens ou mais, estavam no local na hora do ocorrido. Um morador chegou a comentar, que eles começaram a se reunir as 10h da sexta-feira, 3. A maioria, estudantes universitários.
De acordo com as informações do comandante do 4ºBPM, Tenente Coronel Márcio Antônio, no local ocorreu uma briga envolvendo dois rapazes. Um deles portava uma arma de fogo. Durante a confusão, o indivíduo armado efetuou aproximadamente 10 disparos contra seu desafeto e na sequência, o suspeito fugiu e não foi localizado. O rapaz baleado, chegou a ser socorrido, porém, não resistiu aos ferimentos e morreu no Hospital Universitário, outras três pessoas também foram alvejadas. A princípio, elas não correm risco de morte. O rapaz que faleceu foi identificado como Eric Gabriel da Silva Pires Pereira.

Ainda segundo o comandante da PM, o local tem sido alvo de várias operações das forças de segurança e da prefeitura. “Vamos ter que endurecer ainda mais, porque a desordem é muito grande no local, e infelizmente uma pessoa morreu, isso não pode continuar assim“, disse o Tenente Coronel Márcio Antônio.

O presidente da Câmara Municipal de Maringá, Mário Hossokawa, disse que o legislativo fez a sua parte, aprovando projeto de lei com apoio e sugestões de todos os setores de segurança da cidade e apoio do Conselho Municipal de Segurança (CONSEG) para coibir justamente abusos não só na Petrônio Portela, mas em outros pontos críticos da cidade. Numa das reuniões, a presidente do Jardim Aclimação e representante da Zona 7 participaram.
Tenho certeza que tem uma força maior que está proibindo as forças policiais de agirem com rigor contra os baderneiros que não respeitam ninguém, principalmente os moradores dos entornos“, relatou o vereador.

O deputado estadual Soldado Adriano José, também se pronunciou. “Quero aqui externar nosso reconhecimento ao brilhante trabalho da Guarda Municipal de Maringá, das nossas Polícias Civil e Militar que mesmo diante das dificuldades prestam um trabalho de muita qualidade. Infelizmente são muitas situações que surgem e infelizmente tudo recai para nossas polícia. Quero aqui dar os parabéns a nossa imprensa de Maringá por levantar tais informações, e tenho certeza que nossos comandantes Cel Márcio Antônio (PM) e Dr Adão Loureiro (Policia Civil) irão dar toda atenção necessária para o caso“, enfatizou o parlamentar.

Já para o delegado e deputado estadual, José Aparecido Jacovós, é possível resolver o problema, porém, precisa de uma ação conjunta das polícias com o poder judiciário. (inf Eduardo Leandro)

Mostrar mais

Notícias Relacionadas

Botão Voltar ao topo

Bloqueador de Anúncios Detectado

Por favor, desative seu bloqueador de anúncios para continuar. Obrigado.