ParanáSegurançazDestaque

Privatização das cadeias e corte no contrato das marmitas

O governador do Paraná, Ratinho Jr, afirmou que vai cortar R$ 100 milhões do contrato de fornecimento de marmitas para os presos do estado. Segundo ele, a redução de custos será anunciada oficialmente nos próximos dias. “A mesma empresa, o mesmo contrato, só renegociando e com a mesma qualidade. Então, a gente vê que o dinheiro era mal gasto. Faltava gestão e pulso firme”, disse o governador.
Ratinho também defendeu a necessidade de privatização da administração de presídios: “Cinquenta por cento dos presídios americanos já são geridos por empresas privadas. Sem tirar a tutela do estado de ser responsável pelo preso, mas a gestão em si é necessário passar para a iniciativa privada, estamos gerindo mal o dinheiro e tratando de forma não humana os presos que estão vivendo praticamente empoleirados nos presídios”.

Mostrar mais

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Bloqueador de Anúncios Detectado

Por favor, desative seu bloqueador de anúncios para continuar. Obrigado.