Brasil

Homem que se ‘fantasiou’ de goleiro Bruno e zombou de Eliza Samudio perde emprego

Homem fez fantasia ironizando brutal feminicídio de Eliza Samúdio

Um homem foi demitido de seu emprego em um estúdio de tatuagem depois de uma foto sua utilizando uma fantasia de ‘Goleiro Bruno’ ser divulgada nas redes sociais. O tatuador frequentava um evento na cidade de Manaus, capital do estado de Amazonas, e a foto foi publicada pelo ‘Porão do Alemão’, casa de shows do vereador manauara William Robert Lauschner (Cidadania).

A fantasia trata de um trágico caso de feminicídio. O goleiro Bruno foi condenado a 22 anos de prisão pelo homicídio qualificado de Eliza Samúdio, sua ex-esposa que cobrava pensão alimentícia por um filho que teve com o atleta que jogava, à época, pelo Flamengo.

O nome do homem que fez a fantasia em apologia ao feminicídio não foi revelado, mas o estúdio El Cartel Tatuaria, onde ele trabalhava, anunciou a demissão do profissional. “O estúdio não compactua com qualquer forma de incitação à violência contra a mulher. Deixando bem claro que o colaborador foi demitido, não fazendo mais parte do quadro de funcionários”, escreveu o estabelecimento nas redes sociais.

Ao UOL, Sonia Moura, mãe de Eliza Samúdio, afirmou que irá tomar medidas judiciais contra o homem que usou a fantasia. “Isso não vai ficar assim. Vou tomar providência quanto a isso. Além da minha dor, existe a dor do meu neto, que é uma criança de 11 anos que não tem voz ainda, que não tem como defender a mãe”, disse ela.

Mostrar mais

Notícias Relacionadas

Botão Voltar ao topo

Bloqueador de Anúncios Detectado

Por favor, desative seu bloqueador de anúncios para continuar. Obrigado.