Policial

São presos, em São Paulo, mais quatro sindicalistas acusados de incendiar ônibus da Cidade Verde em Sarandi

Quatro sindicalistas foram presos hoje, 18, no estado de São Paulo, suspeitos de incendiar seis ônibus da Cidade Verde Transportes Rodoviários, na garagem da empresa em Sarandi, setembro do ano ano passado. De acordo com a Polícia Civil, os quatros homens eram foragidos da justiça, des. Os presos são do Sindicato dos Rodoviários de Sorocaba (Sinttrans). As informações são do Plantão Maringá.
Os quatro teriam sido chamados por diretores do Sinttromar, de Maringá, que estava em demanda com a empresa, que faz parte do grupo da Transporte Coletivo Cidade Canção. Odair José de Moura, diretor do Sindicato dos Rodoviários de Maringá, foi preso em 11 de dezembro, com R$ 12 mil. A polícia chegou aos executores do incêndio através de imagens de câmeras de monitoramento e pelo depoimento de uma mulher, cujo nome foi usado para alugar o automóvel usando na madrugada do atentado.

Mostrar mais

Notícias Relacionadas

Botão Voltar ao topo

Bloqueador de Anúncios Detectado

Por favor, desative seu bloqueador de anúncios para continuar. Obrigado.