Trabalho

Sindicato assinou termo no MPT mas iniciou greve

O Sindicato dos Motoristas, Condutores de Veículos Rodoviários e Trabalhadores em Empresas de Transporte de Cargas, Passageiros Urbanos, Motoristas, Cobradores de Linhas Intermunicipais, Interestaduais e de Turismo e Anexos de Maringá (Sinttromar) havia se comprometido ontem, durante audiência com o procurador do Trabalho Fábio Aurélio da Silva Alcure, a comunicar à categoria o resultado da presente audiência de mediação, “ou seja, que o valor do salário do mês de março deverá estar disponível aos trabalhadores ainda na sexta-feira ou no máximo na segunda-feira”. O Sinttromar, e a paralisação de hoje demonstra isso, parece não ter comunicado a categoria, não cumprindo o acordo.

O compromisso é o item terceiro do termo de audiência nº 2527/2021, realizada ontem à tarde no Ministério Público do Trabalho, com a presença do procurador-geral do município, Douglas Galvão Vilardo, e de representantes da concessionária do transporte coletivo e do sindicato. O primeiro item estabelece que o município faria a compra antecipada de passes, para viabilizar recursos para o custeio (parcial) da folha de salários dos funcionários da empresa relativa ao mês de março, e confirmado também que “o recurso estará disponível na sexta-feira próxima”, como garantiu o procurador. ” Disponibilizado o recurso pelo município em tempo hábil no dia 9 próximo, a empresa compromete-se a fazer a transferência do valor do salário de março ainda na sexta-feira, somente ficando para segunda-feira caso o valor repassado pelo Município não esteja disponível a tempo, conforme o horário de funcionamento bancário”, diz o item segundo do termo. (inf Angelo Rigon)

Mostrar mais

Notícias Relacionadas

Botão Voltar ao topo

Bloqueador de Anúncios Detectado

Por favor, desative seu bloqueador de anúncios para continuar. Obrigado.