Esporte

Maringá sedia 1º Festival de Tênis em cadeira de rodas

15 paratletas de várias modalidades vão se reunir em um aulão de tênis em cadeira de rodas

No dia 11 de dezembro, a OSC Universidade Livre do Esporte (ULE), vai realizar o 1º
Festival de Tênis em Cadeira de Rodas, em Maringá.
O aulão de tênis será uma ação recreativa e social com uma programação que vai
envolver paratletas de diferentes modalidades como o basquete e handebol em cadeira de
rodas e o parabadminton. O evento vai acontecer no campus da Universidade Estadual de
Maringá (UEM), onde a ULE desenvolve as atividades com o tênis em cadeira de rodas desde o
início do ano.

De acordo com a diretora administrativa da OSC, Denise Mendonça, o objetivo do
festival é integrar pessoas num propósito comum. “Além de inclusão, o tênis é um esporte de
transformação de vidas. A ideia é trazer o aprimoramento do esporte, capacitação e rendimento
aos atletas. Nosso objetivo é colocar os atletas do paradesporto no cenário nacional e
internacional de tênis ”, comenta.
Para o professor e coordenador das aulas da ULE, em Maringá, Bruno Cerine, a ideia é
divulgar ainda mais a modalidade na região para que novos paratletas conheçam o projeto.
Como nós temos parceria com o PROAFA, projeto de extensão da Universidade Estadual de
Maringá, o objetivo também e fortalecer alguns pilares da ULE, que são a inserção e
ressignificação da pessoa com deficiência por meio do esporte, o desenvolvimento e
reconhecimento de talentos paradesportivos na modalidade e a preparação, por meio de oferta
de estágio aos alunos de educação física da UEM, que vão se preparar para atuar com atletas
com deficiência”, ressalta.

PARCERIA – A realização do primeiro Festival de Tênis em Cadeira de Rodas, em Maringá, foi
possível graças ao trabalho em conjunto de parceiros da instituição como o Programa de
Atividade Física Adaptada (PROAFA), da Universidade Estadual de Maringá (UEM), a Associação
Maringaense de Badminton e Parabadminton (AMBP), a academia Hammer Gym, Associação
Kings Maringá, a Federação Paranaense de Tênis (FPT) e a Confederação Brasileira de Tênis
(CBT).

O tênis em cadeiras de rodas
A modalidade foi criada em 1976 quando Jeff Minnebraker e Brad Parks, criaram as
primeiras cadeiras de rodas. Em 1988 foi criada a ITF, Federação Internacional de Tênis em
Cadeiras de Rodas. No ano de 1991 foi incorporada a ITF, no Brasil a coordenação está a cargo
do CBT Brasil.
Para competir no tênis em cadeira de rodas, o único requisito é que o atleta tenha sido
diagnosticado com alguma deficiência relacionada a locomoção, ou seja, deve ter perda
funcional significante de uma ou mais partes externas do corpo.
Se o atleta não puder participar de competições no tênis convencional; estará
credenciado a jogar na cadeira de rodas. A Universidade Livre do Esporte iniciou com a prática
do tênis em cadeira de rodas em 2019.

Sobre a Universidade Livre do Esporte
A Universidade Livre do Esporte do Paraná é uma entidade privada sem fins lucrativos,
criada por Segismundo Morgenstern em 1997, e que tem como objetivo a descoberta de
talentos no esporte, o combate as drogas e ao sedentarismo, a inclusão social por meio do
esporte. A ONG já contou com a participação de profissionais de alto nível, tais como
Bernardinho, Hortência, Daiane dos Santos, Daniele Hypólito, entre outros.

Serviço
Data: 11/12/2021
Horário: das 08h às 13h
Local: UEM – Universidade Estadual de Maringá
Evento fechado ao público por medidas de prevenção contra a Covid 19
Assessoria de Imprensa: Juliana Rodrigues – (41) 99875-9416

Mostrar mais

Notícias Relacionadas

Botão Voltar ao topo

Bloqueador de Anúncios Detectado

Por favor, desative seu bloqueador de anúncios para continuar. Obrigado.